NOTA EM DEFESA DA EDUCAÇÃO PÚBLICA E CONTRA OS RETROCESSOS

O objetivo desta nota é denunciar os graves ataques à educação pública, orquestrados por um governo ilegítimo e sem compromisso com o programa de governo escolhido em 2014, e convidar os/as colegas da UFC a participarem do Ato em Defesa da Educação Pública e Gratuita, no dia 11 de agosto, Centro de Humanidades da UECE, a partir das 15h.
Vivemos um tempo atravessado por retrocessos políticos, econômicos e sociais, que ameaçam até a conquista de um patamar civilizatório mínimo em nosso país. Todas as políticas públicas e instituições que promovem a distribuição de renda no Brasil estão sendo atacadas. Cortes de investimentos sociais, projetos de lei e emendas em tramitação no Congresso Nacional atacam os direitos dos trabalhadores, a previdência social, os serviços públicos e políticas afirmativas.
O PL 257/16, que prevê entre outras coisas congelamento de salários e de progressões na carreira, suspensão de concursos públicos e planos de demissão voluntária, opera na prática o sucateamento e a negação dos serviços públicos a grandes parcelas da população, sobretudo às mais pobres. A PEC 241/16, que desvincula os percentuais obrigatórios a serem aplicados em educação e saúde e congela o orçamento federal por vinte anos, garante que os recursos liberados pela redução do serviço público reverterão para o serviço da dívida, o único preservado e beneficiado nas crises do mercado financeiro.
Considerando que nosso sistema educacional público é uma conquista fundamental e precisa ser fortalecido para atender adequadamente aos direitos de cidadania da população, os cortes impostos por esses instrumentos, se implementados, acelerarão e fortalecerão os ciclos de reprodução da desigualdade e da violência em nosso país. Na prática, agudizarão os problemas complexos enfrentados pela sociedade brasileira, empurrando grandes maiorias de trabalhadores e pobres às mazelas advindas da exclusão e da falta de esperança, num contexto de desagregação social crescente.
Na universidade pública, vêm sendo reduzidos fortemente os recursos de manutenção e liquidadas as possibilidades de crescimento. Cortes de bolsas de pós-graduação e até mesmo de iniciação científica pelo Governo Federal destroem as possibilidades de formação acadêmica de nossos estudantes e retiram da universidade brasileira a possibilidade de se constituir como um espaço de ensino, produção do conhecimento e intervenção na realidade social do país. A orientação para que políticas de cobrança sejam implementadas nas universidades públicas, a curto, médio e longo prazo, indicam a intenção clara de privatização do ensino superior.
Numa situação em que todos os instrumentos democráticos foram distorcidos e atropelados, a força da vontade popular se expressa direta e coletivamente nas grandes manifestações de rua, nos atos e debates, reuniões e atividades coletivas, em que nos organizamos para resistir. Nós, professores da universidade pública, estamos conscientes disso e empenhados. Neste Dia do Estudante, Dia Nacional de Luta em Defesa da Educação Pública e Gratuita, queremos assegurar mais uma vez nosso compromisso com a construção de uma sociedade justa e solidária, uma educação crítica e libertadora, com o aprofundamento da democracia e uma perspectiva digna de futuro para todas as crianças e jovens.
PELA DEMOCRACIA
PELA EDUCAÇÃO PÚBLICA E GRATUITA
PELA ESCOLA SEM MORDAÇA
FORA TEMER!!

Fortaleza, 11 de agosto de 2016
Coletivo Graúna – Professores por uma educação democrática

Anúncios

Um comentário sobre “NOTA EM DEFESA DA EDUCAÇÃO PÚBLICA E CONTRA OS RETROCESSOS

  1. Bruno de Athayde Prata 12 de agosto de 2016 / 12:56

    Registro meu apoio à nota e ao evento. Infelizmente não pude me fazer presente. Me surpreende (ou não) a postura apática da ADUFC diante dos eventos em curso.
    Prof. Bruno Prata
    Departamento de Engenharia de Produção
    Universidade Federal do Ceará

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s